O Livro dos Danados

livro

Este livro, assim como muitos outros, me caiu nas mãos por “acaso”. O título me chamou a atenção e resolvi comprá-lo.

Nunca tinha lido um livro com informações tão malucas e o li sem parar.

Seu autor é Charles Fort (1874-1932), nascido nos Estados Unidos. Ele se deu ao desplante de passar a maior parte de sua vida pesquisando em bibliotecas, jornais, revistas e livros científicos sobre casos e fenômenos anormais e misteriosos.

Tinha uma profunda birra com os cientistas dogmáticos e arrogantes e em sua busca tentava contradizê-los em suas “certezas”. Hoje os céticos o são em relação aos fenômenos misteriosos, Fort o era em relação à ciência.

A seguir algumas das “esquisitices” encontradas neste livro. Lembrar que todas foram retiradas de publicações sérias e Fort não dá explicações sobre as mesmas, limita-se a transcrevê-las.

Um pó amarelo caiu sobre Gerce na Calábria em 14 de março de 1813. Parte desta substância foi recolhida pelo senhor Simenini, professor de Química em Nápoles. A substância tinha um gosto insípido de terra e foi descrita como untuosa. ...

Mas concomitante a esta precipitação: foram ouvidos fortes rumores no céu. Caíram pedras do céu.”

“No American Journal of Science 1-2-335 há a notícia do Graves, comunicada pelo professor Dewey:

No anoitecer de 13 de agosto de 1819 foi vista uma luz em Amherst, um objeto cadente e ouviu-se o ruído de uma explosão.

Na casa dos Dewey esta luz foi refletida na parede de um aposento onde se encontravam vários membros da família Dewey.

Na manhã seguinte, no pátio, ...foi encontrada uma substância dissemelhante de tudo observado anteriormente por aqueles que a viram. Era um objeto em forma de taça, com o diâmetro de cerca de 8 polegadas. Cor de couro intensa e recoberta por uma espécie de penugem. Retirada esta última, foi encontrada uma substância polposa, cor de couro, com a consistência do sabão em pasta e com um odor repugnante e sufocante.”

“Em 3 de maio de 1876, em Olympian Springs, Bath Country, em Kentucky, caíram do céu, de um céu límpido, pedaços de uma substância semelhante à carne de vaca. Queremos sublinhar o fato de que se afirmou que no céu nada mais era visível além da substância que caía. ... sobre um território restrito: uma faixa de terra de cerca de 100 jardas de comprimento e com a metade da largura. ...Vide Scientific American, 34-197 e o New York Times de 10 de março de 1876.”

“Hiram de Witt de Springfield em Massachussettes, quando voltava da California trouxe consigo um pedaço de quartzo aurífero do tamanho de um punho humano. Esse caiu acidentalmente e se rompeu ... no interior – um prego. Um prego de ferro, das dimensões de um prego de seis centímetros, levemente corroído. Completamente reto e com a cabeça perfeita.”

Ironizando: “Na Califórnia, há séculos atrás quando o quartzo aurífero ainda estava em formação ... um carpinteiro a milhões de milhas de altura deixou cair um prego.”

“Marcas de pés no arenito, proximidades de Carson, em Nevada ... cada uma com comprimento de 45 a 50 cmm. (American Journal, Science, 3-26-139).”

“Notes and Queries apresenta numerosas alusões a intensas obscuridades verificadas nesta terra, exatamente como se verificam os eclipses, mas não indica nenhum corpo conhecido como eclipsante”

“Segundo correspondente do Birmingham Morning News as pessoas que habitavam nos arredores de King’s Sutton, Bambury, viram por volta de uma hora de 7 de dezembro de 1872, atravessar o ar algo semelhante a um feixe de feno. Era acompanhado por fogo como um meteoro, por fumaça densa e fazia um ruído semelhante ao de um trem. Às vezes estava voando alto e por vezes próximo à terra. ... Agora já é muito tarde para verificar a história, mas é fornecida uma lista de pessoas que tiveram suas propriedades danificadas. Foi dito que a coisa desapareceu de repente.”

Bom, como dá para ver nosso planeta vem sendo há muito tempo infestado por manifestações estranhas e para as quais a ciência, não encontrando explicação, limita-se a ignorá-las e quando explica, o faz de forma que deixa muito a desejar na lógica e bom senso.

Postagens mais visitadas deste blog

Mistérios dos Sumérios

A Civilização mais antiga do planeta !!!!!!!!