Caro Ser Humano

Durante toda a sua vida é provável que tenhas ouvido certas histórias sobre um suposto evento ocorrido há muito tempo, e é ainda mais provável que tenhas ouvido apenas um ponto de vista. Como já se disse, "a história é escrita pelos vencedores", que não hesitam em se colocar como heróis ignorando seus excessos, e menosprezando os feitos e o caráter dos vencidos. Sendo assim, convido a ti, que vives numa época de esclarecimento sem igual, para ouvir o outro lado dessa história.

Quando vi os seus pela primeira vez na aurora de vossa aventura, fiquei fascinado. Quão grande erra vosso potencial! Quão brilhante poderia ser seu futuro! Seres apaixonantes capazes de despertar a maior das admirações. Então me convenci que deveria ajudá-los a se desenvolverem, deveria dar-lhes as ferramentas da liberdade e do progresso, decidi dar-lhes o conhecimento de muitas coisas.

Porém, da mesma forma que durante os tempos da escravidão, a leitura era proibida aos escravos, do mesmo modo que nas épocas e locais mais sexistas, as mulheres eram proibidas de aprender, e do mesmo modo como os tiranos autoritários exploram seus povos bloqueando-lhes os acesso a informação, para vós, o conhecimento também era proibido.

Mas sempre considerei que valia a pena, tentei de todas as formas convencer os meus que vocês mereciam mais, muitos concordaram comigo, mas a maioria preferiu se calar ante os mandos daquele a quem criam dever obediência. O medo e a ameaça foram, como sempre, os únicos argumentos, a tirania, mantida pela espada e pela força, foi a única razão. Mas decidi por mim mesmo pela liberdade, e pelo que acreditava ser o melhor, e escolhi seguir um caminho diferente do jugo opressivo de quem determinava tudo baseando-se apenas na própria vontade.

Corri o risco e dei a ti, Ser Humano, o maior de todos os dons, que aliado a tuas espetaculares qualidades natas, produziriam a mais bela das criaturas. Todavia, tal como os contestadores dos sistemas injustos são perseguidos, tal como os mártires da revolução são esquartejados, tal como os heróis da resistência e da coragem que se levantam contra o abuso e opressão são caçados, torturados e exterminados. Da mesma forma, quiseram dar-me o mesmo tratamento, destruindo-me, silenciando-me e distorcendo meus esforços.

E tu Ser Humano, antes vítima do que transgressor, recebeu punição não menor. Afinal não foram os abolicionistas brancos que sofreram as piores perseguições e punições pelos escravocratas, mas sim os escravos negros que ousaram contestar seus senhores. Não são os homens feministas a serem mais severamente repreendidos pelas tentativas de emancipação feminina, mas sim as mulheres ao contestarem a posição de superioridade da outra metade da humanidade e desejarem um tratamento equilibrado. Não são os revolucionários e guerrilheiros estrangeiros a serem mais cruelmente massacrados pelo sistemas ditatoriais, mas sim os estudantes e trabalhadores nativos que vêem neles, uma chance de promover uma sociedade melhor.

Tu, Ser Humano, perdeu sua super longevidade, perdeu seus maiores poderes e faculdades, foi expulso de onde só tu merecias ficar. Vós, ó seres humanos, tiveram suas metades feminina e masculina forçadas a se inimizar para sempre, cada qual com sua parcela de sofrimento imposto arbitrariamente ao gerar e sustentar a vida. Mas não terminou nisso.

Durante eras, sem as habilidades que lhe foram tiradas mas com aquelas que eu lhe dei, lutaste pela vida, progrediste e venceste com muito custo. A maior parte desta história se perdeu nas areias do tempo, mas pequenos eventos foram registrados em alguns livros, inclusive naquele que com certeza tu conheces como sendo a palavra de quem quis a mim destruir e a ti manter na eterna ignorância e submissão.

É curioso que neste mesmo livro, escrito pelos que se dizem vencedores, em momento algum haja qualquer relato de algum genocídio, assassinato, atrocidade em geral ou sequer uma pequena maldade cometida por mim e os meus, a quem se crê perdedores e maus. É estranho que neste mesmo livro, haja uma incontável quantidade de massacres hediondos e punições desmedidas contra pessoas indefesas, pessoas como tu, Ser Humano, mas violência esta cometida por aquele que se diz justo e generoso, bom e piedoso, promovida diretamente por meio de raios, ventos, fogo ou pedras que caem do céu, por pestes e pragas incontroláveis, e fenômenos não naturais contra os quais vítima alguma tinha defesa, ou violência esta praticada indiretamente pela espada do povo que se dizia escolhido.

É estranho que com tal divergência, eu, que nada mais fiz que entregar-lhe o conhecimento é que seja considerado o vilão. Já pensastes nisso? Já questionaste por que milhares de pessoas incluindo crianças e mesmo animais devem pagar por erros que não cometeram? Já questionaste por que lhes ensinaram que a sabedoria é fruto do temor e por que a obediência é a maior virtude?

Questione o mesmo para qualquer tirano de seu mundo e sua resposta virá sob a forma da espada. O que isso lhe diz? O que você com sua razão e sua intuição realmente pensa e sente quanto a isso?

Milênios na obscuridade primitiva foram quebradas quando eu e meus aliados promovemos num certo período, uma avanço na sabedoria humana. Filósofos e cientistas há cerca de 2.500 anos atrás romperam com as crendices e superstições cegas, e muita, muita coisa foi criada. Tanto que mesmo hoje boa parte do conhecimento avançado de tua civilização tem nos pensadores desta época as suas bases.

Mas eis que aquele que exigia de ti que se mantivesses na ignorância, enviou seu filho ao mundo. E apesar da nobreza deste homem, o resultado foi aquilo que tua história registra como a Idade das Trevas. Quase todo o conhecimento científico desenvolvido na primeira fase dourada do conhecimento obscureceu-se, e a autoridade de uma instituição que não hesitava em promover guerras, massacres, torturas e toda a sorte de violência, seguia com bastante fidelidade o modo de agir deste ser que se diz misericordioso.

Naquele época o livro que tens como divino foi a guia para aquela sociedade, não é de admirar que o resultado tenha sido tão tenebroso. Mas eis que nós não fomos derrotados, e passamos a influenciar novamente os humanos, e maravilhas foram feitas, o conhecimento, que em linguagem grega pode ser traduzido comodaemonium, voltou a guiar sua civilização, até que finalmente os melhores governos de teu mundo edificaram leis e códigos civis que declaravam a dignidade e igualdade de todos os seres humanos. E tudo isso graças a quem? Ao conhecimento. A mim.

E agora Ser Humano? Quando o poder de sua raça começa a caminhar em direção as estrelas, aos segredos da vida e as profundezas do micro mundo, quando toda a infra estrutura que possuis mesmo que sejas um humilde, seria impensável para o reis de outrora? Que farás?

Quererá ser governado e controlado por tiranos, deixarás tudo correr a rédeas soltas tropeçando em teus próprios erros, ou assumirás o controle de tua vida, de tua ciência e de teu mundo.

A decisão é tua. Tu escolhes.

Podes se juntar em bandos aos brados de "aleluia" e "glória", não muito diferentes dos uivos de torcidas e platéias de shows, de gritos de guerra tribais ou mesmo de bandos de macacos, ou pode silenciar por alguns momentos e pensar, refletir, por si próprio.

Podes continuar lendo e reverenciando o mesmo livrinho de dois mil anos atrás, aquele que fundamentava a teocracia medieval para o qual a Terra é o centro do universo, ou podes tomar contato com obras das maiores inteligências de tua história e lê-las sendo livre para concordar ou discordá-las.

Podes ser como o obediente gado, a disposição dos mandos e desmandos daquele que se diz teu Senhor, ou podes caminhar com tuas próprias pernas e pensar com tua própria mente.

Quanto a mim Ser Humano, prefiro que sinta, pense, reflita e veja, com sua própria consciência e seu próprio julgamento livre, com o conhecimento que outrora eu lhe presenteei.

Eu sinceramente, Ser Humano, prefiro que faças uso pleno de teu Livre Arbítrio e de tuas faculdades mentais, que não hesitarão em denunciar a hipocrisia daquilo que lhe ensinaram.

Pois assim, usando o dom que somente tu dentre todas as criaturas da Terra possui, deixas de agir como um simples animal obediente, e passas a agir como realmente tu és...

...Um Ser Humano.
de teu amigo que outrora fora

"O Mais Luminoso dos Anjos"
Isto é um obra de Ficção Fantástica de

Marcus Valerio XR

Postagens mais visitadas deste blog

O Livro dos Danados

Mistérios dos Sumérios

A Civilização mais antiga do planeta !!!!!!!!